Orientação aos Pais: o papel do psicólogo nesse processo

6 Aug 2016

Por Alessandra datto CRP: 06/127458

   

 

 

Algumas crianças apresentam problemas de comportamento desde muito pequenas como birras e choros intermináveis porque querer ou não querer fazer algo ou alguma coisa, deixando os pais “loucos” e muitas vezes sem saber como agir e o que fazer.

 

Muitas crianças apresentam dificuldades em lidar com a frustração, com o “NÃO” e seu comportamento é gritar, chorar, etc.

 

Os pais, por sua vez, tentam diversas “técnicas” que leem na internet, revistas, jornais, etc, pedem “conselhos” a outros pais, pediatras, mas ninguém tem uma fórmula secreta ou totalmente eficaz para sanar esse problema.

 

Por vezes essa ajuda pode melhorar o comportamento de seu filho, mas às vezes a criança continua com os comportamentos e os pais ficam perdidos e muitas vezes frustrados, por se acharem “incompetentes” que “não sabem” cuidar e educar o próprio filho.

 

Algumas crianças demandam maior atenção dos pais e criam mecanismos de comunicação, insatisfação, frustração inadequados e como é possível identificar e mudar esses comportamentos? Qual o comportamento dos pais diante dessas atitudes? 

 

Por essa e por outras questões que a ajuda de um psicólogo infantil é muito importante, pois o profissional irá auxiliar, orientar  e identificar comportamentos e atitudes dos pais e da criança para que os pequenos modifiquem seu comportamento e forma de comunicação, para que diminua ou pare as birras e os choros.

 

Pois através de um acompanhamento, o profissional irá identificar porque essa criança apresenta esse tipo de comportamento e como é possível modificá-lo, sendo um trabalho individualizado.

 

Por Alessandra Datto – Psicóloga e neuropsicóloga CRP: 06/127458 – Contato: (11) 98428-3094

 

Please reload

Posts Em Destaque

Tipos de atenção

May 7, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes