TERAPIA DE CASAL

 A terapia de casal se configura como um espaço de sigilo e respeito onde o casal é acolhido em suas queixas e demandas afetivas. Por meio da escuta ativa, o psicólogo auxilia a identificar suas necessidades e conflitos, atuando como facilitador e mediador do diálogo.

Cabe ressaltar que não é função do psicólogo tomar decisões a respeito da vida ou mesmo atuar como “juiz das situações” colocadas pelos pacientes. Decisões e direcionamentos de vida podem se apresentar ao casal por meio do espaço terapêutico, mas são de competência e responsabilidade dos próprios pacientes.

A terapia ajudará o casal a identificar aquilo que aflige cada indivíduo, como esse problema se inicia e quais ansiedades que pressionam esse comportamento. Na medida em que a terapia consegue reconhecer e diferenciar suas próprias necessidades como indivíduos separados, o casal consegue progredir com mais flexibilidade.

A terapia visa identificar, acolher, intervir e repensar estratégias para situações de sofrimento comuns ao casal, o que se constitui como recurso mais elaborado de enfrentamento para as questões de ambos.